Evil Queen Graphics

Evil Queen made me this avatars, templates and all of this.
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 Template pra post

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Evil Queen
Admin
avatar

Mensagens : 8
Data de inscrição : 07/12/2015

MensagemAssunto: Template pra post   Seg Dez 07, 2015 3:23 pm

Aqui meos template de post beixmo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://evilqueengraphics.forumeiros.com
Evil Queen
Admin
avatar

Mensagens : 8
Data de inscrição : 07/12/2015

MensagemAssunto: Re: Template pra post   Qui Fev 18, 2016 9:45 pm


The Rewards' terrace

Eu estava super animada desde que havia conseguido um emprego, para ser sincera. Não imaginava nada que pudesse arrumar um trabalho em que eu pudesse fazer o que gosto em animais, ou melhor, criaturas! Não havia nada melhor, com certeza. De bônus, ainda trabalhava com meu meio irmão, quer dizer, irmão, porque não existe essa de “meio” na realidade. Não podia ficar parada dentro do hospital e essa era a melhor parte, porque não gosto de ficar parada. A melhor parte junto com todo o resto das partes boas, é claro. Certo, eis a pergunta: “O que há de ruim?” Nada! Não tem nada de ruim, porque a vida já era maravilhosa antes, agora nem se fala.

Havia acabado de chegar do Mungus. A casa estava sempre organizada e aconchegante, o que me fazia ficar com vontade de ficar lá 24h por dia, mesmo que tivesse o que fazer. Às vezes Mel estava lá, na maioria delas, para ser sincera. Às vezes ela não estava. Sinceramente, preferia quando estava, porque aí eu tinha com quem conversar e, se não tivesse, eu conversava sozinha mesmo, por mais que conversar com outra pessoa fosse sempre melhor. A única coisa que fiz no meu quarto foi tomar banho, como sempre fazia quando voltava do St. Mungus. Era um ritual. Não foi nada demorado, mas deu para lavar o cabelo e ficar limpa. Coloquei um vestido e, descalça e sem pentear o cabelo, saí correndo pela casa feito uma criança, procurando por companhia.

Minha companhia não tardou a aparecer, porque corri para o terraço e fiquei lá, olhando a paisagem. Sentada no sofá, de olhos fechados e sorrindo. E adivinha só quem apareceu depois de um tempinho? Mel, é claro. Reconheci pela voz, porque estava bem acostumada com essa voz, o suficiente para reconhecê-la. Sabe qual era a melhor parte? Ela havia dito que conseguiu um emprego. Bem, ela estava atrás de um havia algum tempo, e havia conseguido! Antes que eu pudesse dizer alguma coisa, ela se sentou ao meu lado e explicou qual emprego era. Puxa vida, logo o que ela queria e que tem tudo a ver com a paixão de sua vida? Quanta sorte.

Tentei me conter, juro que sim, mas não deu. Assim que ouvi o barulho do copo na mesa de centro, pulei em cima dela e a abracei, mesmo que fosse difícil por estarmos sentadas. – Puxa vida, Mel! Eu não acredito nisso. – falei com a maior animação do mundo na voz, ainda a abraçando. – Que sorte a sua! Vai continuar trabalhando com o quadribol, viu? Eu não disse que ia dar certo? – tentei não falar muito alto, porque meus lábios estavam bem próximos do ouvido de minha amiga. – Estou tão orgulhosa de você, Melanie. – disse, assim que a soltei. Não deixei de olhá-la. Estava realmente orgulhosa, bastante. Depois dos problemas de Mel, ela havia conseguido um emprego na mesma área. Mesmo que não fosse jogando, já era alguma coisa. Ela gostava daquilo, afinal.

template by evil queen



https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/564x/55/55/6f/55556fea2a10c5f8b628dbd1e08c78b7.jpg
http://data.whicdn.com/images/90807799/large.jpg
http://s3.amazonaws.com/spoonflower/public/design_thumbnails/0276/2800/rgeometric_shop_preview.jpg
http://stylecaster.com/beauty/iphone-wallpaper/
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://evilqueengraphics.forumeiros.com
Evil Queen
Admin
avatar

Mensagens : 8
Data de inscrição : 07/12/2015

MensagemAssunto: Re: Template pra post   Sex Fev 19, 2016 7:41 pm


Spells' first class



Allison não conseguia conter a ansiedade durante o café-da-manhã. Tanta ansiedade que nem sequer teve tempo de procurar pelo pai ou pelo irmão em meio a tantos rostos, ou floresta de rostos, como costumava dizer. Teria saltitado, como de hábito, mas tinha medo de escorregar na grama e graças a isso permanecia comportada, andando como todos os outros alunos. Riu ao encontrar uma menina de cabelos coloridos e correu até ela, reconhecendo-a do ano anterior. Anne não parecia muito animada, mas talvez fosse apenas o horário que não ajudasse. Teve de conter a vontade de mexer no cabelo, o colorido sempre lhe chamou muita atenção; antes era azul e agora ele tinha duas cores. Era praticamente implorar pela atenção da loira, que não conseguia olhar para frente e nem procurar pelo professor com o cabelo da colega corvina chamando sua atenção.

Sua atenção foi, ainda que não totalmente, dos cabelos coloridos para o professor que acabava de se apresentar como Axel. A inicial era a mesma de Allison, talvez por isso havia conseguido desviar a atenção para ele. Não é normal que crianças e adolescentes façam esse tipo de comparação, mas a garota não era a mais normal do mundo, de qualquer forma. Gostava das apresentações, ainda que fosse motivo de piada na maioria das vezes, mas não achou ruim quando o professor dispensou a apresentação dos alunos. Talvez fosse a vida lhe dando uma chance para não ser motivo de chacota para os outros, ou apenas a falta de interesse do professor nessas coisas. Não sabia como Nikolaus e Nathan poderiam ter paciência com ela quando era diferente de ambos, mas se esforçava para ser o melhor que podia; as notas altas não vinham sem esforço, convenhamos. Deu alguns pulinhos no mesmo lugar quando o docente anunciou não gostar de salas de aula, porque ela também não gostava. Eram pequenas demais para a Allie, que ficava inquieta e lugares pequenos não a ajudavam.

Tentava se atentar ao que Axel dizia, mas seus olhos voltaram para os cabelos de Anne, soltos e esvoaçantes ao vento; totalmente o contrário de McBride, que mantinha o cabelo curto por preguiça de cuidar. Às vezes deixava crescer, mas não passava da altura do peito – que estava começando a crescer, à propósito. O homem começou a explicação, mas a atenção recaiu totalmente sobre a corvina. Engoliu a vergonha que estava – lembrando que já é muito raro encontrar Alls envergonhada – e cutucou Anne, que estava ao seu lado, como se fosse uma criança de cinco anos que gosta de irritar o irmão mais velho ou mais novo. — Anne? — Chamou de uma forma bem desconfiada, mas a menina olhou para ela. — Posso fazer uma trança no seu cabelo? — Continuou, sorrindo abertamente como se aquilo fosse fazê-la a criança mais feliz do mundo, e era quase isso mesmo. Anne não recusou, então Allison foi para trás dela, separando o cabelo da colega em três partes, começando praticamente pela metade do cabelo.

Não era muito boa em trançar cabelos, sempre deixava os fios parecendo um ninho, mas se esforçava. Naquele momento tentava se atentar ao cabelo de Anne, que parecia confiar nela para mexer em suas madeixas coloridas; Ally, por outro lado, apenas desconfiava de si mesma por estar mexendo no cabelo alheio. Ouviu o professor praticamente ditar a pergunta e riu baixinho, olhando para ele por segundos. — Axel, como que a gente vai treinar esse feitiço? — Falou juntamente com os colegas de classe, a voz se perdendo no meio de tantas. Terminou a trança no momento em que Axel terminava a explicação, tanto da atividade quanto de tudo o que tinha a acrescentar. Allison respirou fundo, era péssima em feitiços e sabia disso. Engoliu em seco ao olhar para a corvina que talvez pudesse ajudá-la. — Anne, nós podemos ser uma dupla? Uma ajuda a outra e dividimos os discos igualmente para as duas. — Tão formal que parecia ser assim na maior parte do tempo, o que não era verdade. Para sua sorte, a garota aceitou sem nem sequer pensar a respeito, deixando a loira com um sorriso enorme de orelha a orelha.

Pegou a mão de Anne feito uma criança feliz e adentrou a floresta, apertando-a de forma apreensiva graças a isso. Nenhuma razão em especial fora o medo das formas sombrias que pareciam existir no interior do local, com as árvores balançando de forma fantasmagórica e assustadora. Sorriu para a corvina, tentando passar uma confiança que não existia, e olhou para dentro da floresta com os olhos atentos. — Anne, você é boa com feitiços? — Questionou com aquele famoso sorriso amarelo ao canto dos lábios, como quem admite que é péssima. Esperava que Anne entendesse o recado e fosse boa, caso contrário, a corvinal e a sonserina estariam em desvantagem e Allison preferia não ajudar do que atrapalhar, por mais irônico que isso possa soar. Mordeu o lábio inferior, soltando a mão da colega para irem mais afundo na floresta, olhando para o lado a todo momento para garantir que a corvina estaria ali. Se ficasse sozinha ali, sairia correndo e não era o que queria. Pegou a varinha, apertando na mão, e mordeu o lábio inferior enquanto olhava para o céu, procurando pelas esferas que pareciam fugir delas. Pensou ter visto alguma coisa quando passou, então entortou a cabeça como um cachorrinho que não entende nada, tudo isso para conseguir achar de novo. Nada.

— Ou estamos no caminho errado ou essas coisas fogem de nós. — Resmungou de forma que apenas a corvina escutasse, até porque estavam apenas as duas. Xingou mentalmente, palavrões o suficiente para conseguir uma boa relação com o pai apenas pelos xingamentos, por mais incrível que pareça. Anne alertou-a sobre ter visto uma esfera, deixando a sonserina animada. Correram para onde a garota de cabelos coloridos viu o objeto e, para sua surpresa, haviam quatro esferas, uma perto da outra. — Será um sinal? — A risada foi quase exagerada pelo que ela mesma havia dito. Apontou a varinha para uma das duas de um lado. — Bombarda! — Como já dissera antes, era terrível com feitiços independente da simplicidade deles. — Bombarda! — Tentou novamente e sem sucesso. Zero novidades. Tentou mais algumas vezes – quatro, para ser mais exata, mas não conseguia executar o feitiço. Olhou para a corvina, que já estava com seus discos em mãos e já havia até deixado-os coloridos. — Anne, você pode… Por favor, sabe, as esferas. — A voz saiu mais infantil do que o normal em um pedido de socorro para a colega, que provavelmente sentiu pena da sonserina. Claro que não gostava que sentissem pena dela, mas a situação pedia, ou melhor, exigia que Alls usasse qualquer coisa que precisasse. Isso era provavelmente o único lado sonserino da loira, fora, é claro, sua ambição por provaro próprio valor.

— Obrigada, Anne. — Abriu um sorriso enorme e abraçou a garota. Apontou a varinha para o primeiro disco. — Coloris Morphio. — E ficou observando a cor verde tomar conta do objeto, dando um sorriso enorme, como sempre fazia quando resolvia usar aquele feitiço. Fez o mesmo com o outro disco e voltou a andar, ou melhor, correr com Anne, como se estivessem fugindo de alguém. Parou por instantes, abaixando para apoiar as mãos no joelho em sinal de cansaço. — Podemos parar um pouco? Eu ‘tô ficando bem cansada. —

@wonder woman


Última edição por Evil Queen em Ter Ago 09, 2016 7:06 pm, editado 5 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://evilqueengraphics.forumeiros.com
Evil Queen
Admin
avatar

Mensagens : 8
Data de inscrição : 07/12/2015

MensagemAssunto: Re: Template pra post   Sab Fev 20, 2016 4:30 pm


Não gosto da forma como me olham. Me incomoda. Não sou estranha, não. Eles acham que sou louca, mas não sou. Estou sentada na ponte, fazendo anotações como essa. Eles me encaram e não fazem a menor ideia do quando isso irrita. Eles quem? Eles, todos eles. As pessoas que passam pela ponte, oras. É insuportável saber que não se importam no bem estar alheio. É por isso que o mundo está em guerra. Não consigo entender como podem ser individualistas a ponto de ignorarem completamente o sentimento alheio. Queria entender por que olham tanto. Sou apenas uma criança escrevendo em um bloquinho de anotações, não há nada de errado nisso. Nada de errado, nada de correto, nada de nada. Apenas uma garota de onze anos escrevendo em um bloquinho. Não entendo como pode chamar tanta atenção. Não há nada de errado comigo.

Amanda foi embora há algumas horas, mas preferi permanecer aqui. Não entendo realmente a razão, mas quem entende, certo? Existem muitos tipos de inteligências, sabe? Uma delas é a intra-pessoal. Infelizmente não possuo essa inteligência, portanto não sou lá muito boa em compreender a mim mesma. Continuo achando que sou apenas uma garota. Uma garota sentada na ponte da capital irlandesa. Não tenho vergonha de mim mesma, nem da minha irmã, muito menos da nossa história. Somos garotas, sobreviventes. Garotas. Suspirei mais uma vez enquanto escrevia. Reparei que escrevo muitos "não" nesse caderno e peço desculpas, mas não vou mudar isso. Espero que entenda. Respirei fundo e fechei o caderninho. Demorei um pouco em uma das vezes que pisquei. Abaixei os ombros e apoiei as mãos no chão para levantar. Pegaria um ônibus e iria para o hotel encontrar com Amanda e papai, e aproveitaríamos o o resto do dia. Está um dia lindo, à propósito. Corri para o ponto de ônibus, com medo de que passasse e eu não estivesse, então saindo dali.

table by evil queen
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://evilqueengraphics.forumeiros.com
Evil Queen
Admin
avatar

Mensagens : 8
Data de inscrição : 07/12/2015

MensagemAssunto: Re: Template pra post   Sab Jun 11, 2016 12:04 am


R u mine?
The Only Way I Can Get you...


Essa é uma história sem especificações. Só história, história da vida de alguém. Mais uma história na vida de Lilja Prestegard.

Lilja gostava de fingir que tinha o controle de tudo mesmo quando não tinha. Era como uma mania chata que todos tem, aquela inútil comum a pessoas normais. Mais comum ainda a adolescentes, seres que costumam ser insuportáveis. O exemplo do momento era Josh e como arrumava tudo que estivesse minimamente desalinhado. A loira sabia que era sistemática, mas não chegava nem perto disso a menos que estivesse muito nervosa ou irritada com alguma coisa. O fato era que todos tinham manias irritantes e talvez o fingimento fosse a maior mania da garota. Estava na casa de seu padrinho, pai de Josh, e por isso passava o dia conversando com ele. — Josh, eu vou ao cinema. Quer ir? A ideia veio como um estalo em minha cabeça e a voz saiu relativamente problemática porque estávamos calados e deitados no sofá sem fazer nada.



TEMPLATE BY CALIFORNICATION
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://evilqueengraphics.forumeiros.com
Evil Queen
Admin
avatar

Mensagens : 8
Data de inscrição : 07/12/2015

MensagemAssunto: Re: Template pra post   Dom Jun 12, 2016 3:54 pm


happy to be on my own

Essa é uma história sem especificações. Só história, história da vida de alguém. Mais uma história na vida de Lilja Prestegard.

Lilja gostava de fingir que tinha o controle de tudo mesmo quando não tinha. Era como uma mania chata que todos tem, aquela inútil comum a pessoas normais. Mais comum ainda a adolescentes, seres que costumam ser insuportáveis. O exemplo do momento era Josh e como arrumava tudo que estivesse minimamente desalinhado. A loira sabia que era sistemática, mas não chegava nem perto disso a menos que estivesse muito nervosa ou irritada com alguma coisa. O fato era que todos tinham manias irritantes e talvez o fingimento fosse a maior mania da garota. Estava na casa de seu padrinho, pai de Josh, e por isso passava o dia conversando com ele. — Josh, eu vou ao cinema. Quer ir? A ideia veio como um estalo em minha cabeça e a voz saiu problemática porque estávamos calados e deitados no sofá sem fazer nada havia algum tempo. O amigo, por sua vez, havia recusado, causando uma certa revolta na jovem. Ele já deveria saber disso.

Lagertha implorou ao padrinho para levá-la à Galeria. Este, por sua vez, tentou argumentar e posicionou-se contra a vontade da garota de ir sozinha ao local, mas ela tinha suas formas de convencê-lo a deixá-la ir, e o fez tão bem que ele deixou-a na entrada da Grogan Stump. Sorriu enquanto acenava para o homem que a deixara ali enquanto ele ia embora. Revirou os olhos enquanto adentrava o local e ajeitou sua bolsa no ombro. Pensava que talvez a bolsa a machucasse tanto porque apoiava a mão na bolsa, pesando na alça, mas não largava mais uma de suas manias. Costumes inúteis.

Pegou o caminho mais longo para a bilheteria, olhando a maioria das vitrines possíveis. Era um vício ficar olhando todas aquelas roupas, sabendo que provavelmente não usaria grande parte delas por falta de permissão dos tios. Rolou os olhos só de pensar na injustiça que era aquilo. Ter de se vestir de forma “adequada” ao ver da família não era agradável. Virou-se de costas para a vitrine que estava desejando a roupa e focou no cinema. Direto para a bilheteria, afinal, estava ali para ir ao cinema e não olhar roupas.

A fila não estava pequena, nem mesmo perto disso. Franziu a testa pensando em desistir, mas não sabia o filme que iria assistir, então ainda tinha tempo de escolher enquanto a fila andava. Ou também poderia não andar. Mas Lilja não tinha escolha a não ser esperar ou voltar pra casa, o que não aconteceria ou teria feito o padrinho trazê-la em vão. Então ficou esperando a fila andar enquanto cantarolava músicas aleatórias, tão baixo que era quase inaudível.

Cut like a jewel
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://evilqueengraphics.forumeiros.com
Evil Queen
Admin
avatar

Mensagens : 8
Data de inscrição : 07/12/2015

MensagemAssunto: Re: Template pra post   Dom Jun 19, 2016 6:01 pm


Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Pellentesque quis augue orci. In posuere vel nulla id ultricies. Nulla blandit commodo turpis at feugiat. Morbi feugiat bibendum ligula, vitae ornare diam maximus non. Class aptent taciti sociosqu ad litora torquent per conubia nostra, per inceptos himenaeos. Sed molestie ultrices mi. Sed a diam condimentum, dignissim massa ac, bibendum quam. Vivamus efficitur mattis dolor eu aliquam. Aenean dapibus blandit suscipit. Ut id arcu varius quam bibendum interdum. Maecenas egestas, ante interdum lobortis pretium, lorem leo feugiat leo, sed imperdiet ligula odio sit amet elit. Vivamus eu varius elit. Quisque ultricies neque ac pellentesque congue. In tempor massa commodo mattis consequat. Vivamus rutrum vulputate purus. Vestibulum vel urna pharetra, rutrum sem eget, luctus velit.

Ut varius, leo vel scelerisque posuere, neque nibh tempor massa, in rhoncus magna dolor id magna. Mauris mattis risus sit amet aliquet volutpat. Quisque fringilla mi sed urna placerat, ac iaculis magna aliquet. Sed interdum augue dignissim porta commodo. Nunc eget posuere odio. Mauris nec risus non sem euismod tincidunt. Nullam gravida sagittis ante id imperdiet. Integer porta purus lacus, vel venenatis massa scelerisque eget. Quisque malesuada ac ligula ac efficitur. Morbi vitae ipsum a tellus pharetra laoreet at vitae justo. Vestibulum convallis non eros et laoreet.

Duis sit amet arcu tortor. Curabitur tincidunt ac risus eget porta. Aenean semper, nisi eu lacinia malesuada, leo urna viverra leo, sed consectetur dui magna in orci. Phasellus at ultricies erat. Pellentesque efficitur, ipsum id cursus molestie, neque sapien ultricies elit, non ornare est lectus nec nisi. Sed lacus quam, euismod eget turpis sed, semper ultricies risus. Etiam id orci in urna sodales elementum. Nulla tristique malesuada orci ut tincidunt. In ipsum leo, molestie eget orci id, viverra commodo leo. Vestibulum dolor nisi, tristique sit amet tortor sit amet, rutrum sodales dolor. Ut non ex quam. Integer sit amet placerat mi. Vivamus ac diam massa. Sed faucibus hendrerit nibh sed viverra.

Donec luctus, mauris in volutpat maximus, arcu magna ullamcorper tortor, tristique pharetra sapien ex quis metus. Fusce at aliquet arcu, ut suscipit eros. Vivamus a urna augue. Praesent consequat sodales justo, id commodo eros maximus nec. Phasellus varius dapibus lacus. In vitae sollicitudin risus.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://evilqueengraphics.forumeiros.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Template pra post   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Template pra post
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Importação!!! [final do primeiro post]
» Podcast Revolution #019 - Outras Figures Parte 1
» Final de Curso da PINHEIRINHO :) 08 de Outubro (local e hora 1º post)
» Esboço do Template de Registros

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Evil Queen Graphics :: Templates for me-
Ir para: